domingo, 21 de julho de 2013

Sentido

Para onde caminharia , qual seria o caminho?
Para onde iria se no contrário ao Teu?
Aonde minha vida encontraria sentido?
Antes de formular respostas,
Antes de achar-me perdido
Ao que é falso submetido
Teu amor já me seduziu
Tua voz já me alcançou e a Tua mão a minha segurou
Não permitindo que eu buscasse outro caminho
Senão o Teu , outro sentido senão em Ti
Teu amor preencheu meu vazio
Quando ouvi , meu coração ao Teu se uniu
Entrego-Te então toda a minha vida
Para que Tua vontade seja cumprida
Mantendo a certeza dos Teus bons planos
Do Teu Divino que supera o meu humano
Só Tu és motivo, da minha vida o sentido !

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Reencontro

Vivo aqui na certeza de reencontrar-Te
Na espera da nossa saudosa e terna conversa
Bater um papo , cantar uma música
Relaxar um pouco, passear em um jardim
Contemplar a natureza e toda a beleza da Criação
Vivo aspirando a salvação
Por Ti renunciando ,esquivando-me da perdição
Caminhando com Tuas forças e em Tua direção
Se vou só eu , me perco e o que chamo de alegria
Não passa de uma mera e falsa emoção
Vivo aqui perdendo ,aprendendo novamente
A como amar com o mesmo amor que Tu amas
Sendo incompreendido ,fazendo o exercício
De a cada dia abrir mão do meu querer
Para que o Teu sonho inicial se faça realidade
Abrindo mão da vaidade , da infidelidade
Vencendo ao Teu lado o Calvário
Abraçando a Cruz nesta estrada de amor e sofrimento
Mas a  alegria maior é a certeza de um dia novamente
estar face a face Contigo
A alma que se perdeu , redimida foi , com Cristo venceu
E agora retorna ao lar que sempre foi seu
Reencontrou o seu Senhor . O eterno se concretizou.
O doce encontro, o Reencontro!


terça-feira, 16 de julho de 2013

O Juizado

Sentado no banco o réu
A rascunhar no papel o Juiz
Muita acusação , pouca defesa
Muito protocolo pouca humanidade
Sede de justiça e falta de caridade
Pouco importa o que de bom se fez
Errou, tem que pagar, é injusto!
Condena,esmaga,tira o direito de resposta
Falou demais, fez de menos
Dissipou entre os outros o veneno
Justo o Juiz,tudo ouviu, nada fez
Não condenou , não injustiçou
Bateu o martelo, adiou a seção ...
Propôs então uma reflexão:
Ao acusador se faça réu ,
ao acusado Juiz,
e aos presentes rascunhem o papel...
Depois respondam: quem está certo ,
quem está errado?
Quem é Juiz , quem é réu ,quem é acusado?
Qual é o sentido de todo este juízo pré-formado
e para quê existe o juizado?

sábado, 13 de julho de 2013

Prisão

Insisto, persisto e acabo por voltar
Ao cárcere que tinha dito ter sido liberto
Ao mundo deserto, à dor de não ter-Te por perto
Meu coração falsamente se declara aberto
Superficial é meu querer
Digo que quero mas contrário é meu fazer
Diante da minha fraqueza conto com Tua misericórdia
Para que novamente em mim habite a concórdia
A paz retorne e o espaço que é Teu seja tomado de volta
Ao vazio que diz preencher, renuncio!
Me deixo por Ti preencher, transbordar
Que Tuas forças possam minha resistência vencer
E que Tua graça me ensine a  permanecer!
Se for para ser preso, se for para retomar à prisão
Que seja ela o Teu coração 
Se for para ser prisioneiro, que as correntes me unam a Ti
Se for para ter liberdade, que ela venha pela Verdade
Que eu seja de fato liberto, do vazio do pecado
Da embaçada visão, da falsa comunhão
E pela Tua graça, minha alma não mais torne a voltar à prisão.