terça-feira, 27 de agosto de 2013

Elo

Ponto de encontro
Entre minha impureza
E a pureza de Cristo
Elo entre o flagelo e a antes bela
E agora desfigurada face
Já não O conheciam
Não tinha feição humana
Mas tu sendo Mãe
Reconhecia o que nunca
de ti foi tirado
Reconhecia o sagrado
O Imaculado
Totalmente livre do pecado
O coração sempre santo
Como o teu a Deus consagrado
Na lança que transpassava o lado
Enxergavas a redenção
Vias além da dor a salvação
Vias na morte a obtenção da vida
Vias além do peso da Cruz, do flagelo
Vias porque sóis entre a terra e o céu elo.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Ausência

Peço licença Senhor
Preciso ausentar-me
É isso mesmo, estou indo, partindo...
Preciso ausentar-me
A ausência será de mim mesmo
Das minhas verdades
Do meu achismo
Do meu egoísmo
Para que meu viver não seja abismo
O meu sustento ao outro precipício
Vou e não pretendo voltar
Não sei quanto tempo levará
Por onde ou pelo quê terei que passar
Sei que preciso me livrar
Preciso me desfazer, ou melhor,
Deixar-me por Ti ser desfeito
Não desejo ser perfeito
De fato nunca o serei
Mas posso com Teu auxílio
Esforçar-me, santificar-me
No caminho irei de mim perdendo
De Ti recebendo, aprendendo
A ausentar-me do meu eu
Preciso para estar na Tua presença
Retirar-me, preciso da minha ausência.

sábado, 24 de agosto de 2013

Litoral

É mais que Rio, é um Mar de graças
Águas que do Teu coração deságuam
Lava a terra com Teu amor
De braços abertos vem a nós o Redentor
É Deus,é Senhor,é Cristo,é o Amor!
Francisco chegou, trouxe de Deus a presença
É a nova primavera, a Mãe Igreja que floresce
Em meio às dores intacta permanece
É a fé que une, forma laço
Que une a terra em um gigantesco abraço
É a juventude em jornada
É o mundo a uma só voz
É o Amor que faz do diferente igual
Que banha o mundo, que banha o litoral.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Parusia

Esperamos na alegria a Tua Parusia
Esperamos a vinda D'Aquele que nunca partiu
Esperamos o mesmo Cristo que na Cruz nos redimiu
Do céu, de toda a vida é Teu o senhoril
A cada nova era , se renova a vida e a forma pela qual
Tu se faz presente em nosso meio
Esperamos,anseiamos que os que não Te conhnecem possam conhecer
E assim em santidade crescer
Até que todos a Ti sejam apresentados
Vamos respondendo nesta era ao Teu chamado
Dando nossa contribuição para que Teu nome seja glorificado
Vamos aos poucos discernindo, abrindo mão e assumindo
A missão a nós confiada
Nos esforçando para refletir na nossa limitada
A Tua face sagrada
Caminhamos,caímos,sofremos as penas do pecado
Fomos deformados, retirados do primeiro amor
Rompeu-se o laço sagrado e hoje enfraquecidos
Necessitamos dia após dia vencer a nós mesmos
Para permanecer Contigo Senhor
Muitos sofrem por não enxergarem a Tua presença
Por fazer de um Deus próximo ausência
Nós que te conhecemos, seguimos em meio a dor na alegria
Esperamos a Tua segunda vinda, a Tua Parusia.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Ao Teu encontro

Lá vou eu mais uma vez...
Saindo do meu finito rumo ao Teu eterno
Com saudades me dirijo ao Teu encontro
Na certeza que és para mim socorro
Deus de bondade eterna
Amor do qual muitas vezes corro
Me conheces mais que eu mesmo
Incessante é Teu amor
És da minha vida Senhor
Na terra infértil do meu coração
Semeias e frutifica
Faz de cada experiência uma nova emoção
Quero ser guiado pela moção
Do Teu Espírito Santo
A Ti acorrentar-me para todo o sempre
Se minha vida ruma ao precipício
Tu és o imenso mar que me acolherá
Se meu agir não corresponde ao Teu querer
Peço-Te que venha me desfazer,
Refazer-me,restaurar...
De volta trazer a imagem por Ti criada
Fazer da minha vida uma oferta agradável
A minha figura, transfigura , faz consagrada
Quero ir não só hoje mas tantas outras vezes
Ao Teu encontro.

domingo, 11 de agosto de 2013

Deus Pai nosso

Deus Pai,
Do céu e da terra criador
Deus Pai,
Na terra feito amor
Deus,
Pai do Redentor
Deus,
Pai que a vida soprou
Deus Pai,
Trindade do amor
Deus Pai de José 
José filho de Davi
Deus Pai de Jesus,
Jesus Filho do Pai
José pai de Jesus
Deus , Espírito Santo
Deus mais belo canto
Deus nosso,
Deus Pai nosso.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

De mim, Deus não se cansa!

De Deus não me canso
N'Ele descanso
Em Deus não canso
N'Ele alcanço
De Deus não me canso
Porque preciso aprender a ser manso
E fazer humilde meu coração
Por Deus não me canso
Para que outros possam descansar
Diante de Deus me lanço
Para deixar-me por Ele restaurar
Diante de Deus me prostro
Pedindo que me ensine:
O que fazer para a vida eterna ganhar?
De Deus não me canso
Porque também me alcança
Transpassa a lança
De Deus não me canso
Porque de mim, Deus não se cansa!

domingo, 4 de agosto de 2013

Visita

Hoje vim até Tua casa , visitar Teu coração
Sei que não preciso pedir licença
A casa é minha e posso entrar
Vim dar-te um abraço, um beijo e sentir do Teu calor
Vim despojar-me de mim e apresentar-me a Ti
Senhor
Não desejo que a visita seja breve, ao contrário quero
por aqui mesmo ficar
Não me bastam alguns dias, alguns instantes
Preciso ser contante, partilhar da minha vida , ouvir Teus
conselhos
Deixar que Tua sabedoria seja a minha Luz e Teu reflexo
meu espelho
Diante de Ti o peso da Cruz se alivia ,
há choro mas não há desespero
Tua presença para mim é sustento!
Muitas vezes quis morar sozinho...
Ter meu próprio lar e o Teu deixei aqui vazio
Fui inconsequente, fiquei com o coração doente
Hoje novamente vim aqui  à tua porta bater
Vim pedir Teu abrigo e proteção ,buscar em Ti um pouco de sossego
Sei aqui tenho tranquilidade,me faço livre de qualquer vaidade
Sou mais eu e menos falsidade
Pareço-me mais Contigo e me encontro comigo
Sou Teu e tu és meu amigo
Permita-me ficar?
Não vim simplesmente fazer uma visita...