sexta-feira, 25 de setembro de 2015

São Mateus (21.09.15)

Tens pressa em me amar,
chamas-me ao serviço e ao
teu seguimento.

Não tive muito tempo e não
hesitei em te seguir, na resposta
ao teu chamado.

Senti-me atraído e aos poucos
fui sendo transformado pelo
Teu amor que me constrangeu.

Eu que era cobrador e defraudava
me fazendo ladrão, tive meu coração
por Ti roubado.

Tive eu também pressa em mudar
de vida e aos que defraudei, me fiz
anunciador do Teu Evangelho.

Fui julgado e perseguido, mas fiz
da Tua Palavra o livro da minha
vida.

Encontrei sentido, entendi que devo
ser perseguido, não porque defraudava,
mas porque O sigo.

Não devo ser perseguidor, tampouco
soberbo e avarento, deixei de cobrar
impostos, de roubar os meus, pois
entendi que minha é dom de Deus.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Serás feliz! (22.09.15)

A misericórdia rega o
tempo da espera.
O sangue dos mártires,
unido ao martírio de Cristo
é força e ânimo para continuar.
Inúmeras vezes quis minha face
do sofrimento desviar...
Nunca tive coragem!
Não sei onde iria te encontrar.
Hoje peço que se renove esta
coragem para seguir em frente,
por Tua graça sempre atuante,
em mim seja cultivada a paciência
para esperar que se cumpram Tuas
promessas e a fidelidade para que
eu não me aparte da Tua vontade.
Continuo a seguir a voz que um
dia me disse: "junto a Mim,
serás feliz!"

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O manto e a cruz (18.09.15)

Tu que a doze anos vias
teu sangue ser derramado
e sentia-se impura e indigna,
pudeste contemplar o Cristo
do qual tocaste o manto, a
derramar seu sangue em 
resgate da tua e de muitas 
vidas.

Cessou o teu sangramento,
cessou o do Cristo, após ter
derramado na Cruz s
ua última 
gota  de sangue. 
Não seria tocar o manto o gesto
que te apaixonaria por Jesus?

Ter a cura tão desejada após
tocar o manto, se fez prenúncio
da cura completa ofertada a ti
e ao mundo inteiro no alto do 
Calvário. 

Não seria o toque ao manto 

o convite recebido para ir com 
Ele até a cruz, até o fim?
E assim cessaria o sangramento

não só do corpo, mas da alma
que se encontrava ferida e enferma? 

Sugestão de Leitura Bíblica:
Lc 8, 43-46. 

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Fonte (15.09.15)

Eu que bebi da água
ofertada por Jesus,
tenho em mim uma
fonte.

Jorro água viva,
água que sacia a sede
do mundo inteiro.
Bebi eu primeiro,
mas devo ser fonte
para quem desejar
beber.

Devo jorrar para a vida
eterna, pois tenho em mim
multiplicada a mesma água
ofertada por Jesus.
Sou uma fonte de vida
eterna, de água viva.

Sugestão de Leitura Bíblica:
Jo 4, 14b.

Tu me amas (15.09.15)

Não serei eu náufrago
de mim mesmo, não
ma apartarei de Tua 
vontade. 

Aprendi que existem 
recomeços e que aos 
poucos as fraquezas 
podem ser vencidas. 

Aprendi que não só
de idas é caminho e
que muitas vezes
voltastes por mim, 
para dar um novo
sentido e me por
na direção correta. 

Eu que das tuas pegadas
fiz minhas referências,
muitas vezes me desviei,
mas desde que Te encontrei
não quis seguir outro caminho.

Foi um amor tão profundo
que por Ti gerei...
Em todas as minhas buscas,
não encontrei outro que se
compasse.

Em todas as minhas fugas,
não encontrei outro que
por mim voltasse e desse
de novo a vida.

Em todos os heróis que
imaginei, não encontrei
outro que amou, sofreu,
morreu e que mesmo
morrendo todos os dias,
vive para sempre!

É Jesus...
Entendi que não existe
vida senão em Ti, e que
ninguém irá me amar como
Tu me amas!

Maria: serva fiel (15.09.15)

Quando a tristeza e o
desânimo me circundam,
é a ti que eu clamo,
peço teu socorro!

O pecado deixa minha alma doente
e teu Filho é o meu remédio.
Desejo que minha vida entre em
ordem, em consonância com o
chamado que recebi.

Virgem sempre disposta,
Peço que me ensines o serviço,
e a entoar o teu canto de alegria.
Sempre que a solidão me cerca
e minha alma se sente doente me
lembro de teu empenho.

Aonde poderia eu buscar ajuda
senão nos teus braços?
Assim como Pedro quando teve
medo e correu pedindo o teu
socorro, hoje eu corro e desejo
que sejas meu auxílio.

De forma ousada me atrevo
a dizer: sem Jesus nada posso
fazer, mas sem tua presença
não consigo chegar até Ele.

Me ajude a também ser fiel,
a corresponder com fidelidade
e viver com entusiasmo e alegria
a minha vocação.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Tudo em todos (09.09.2015)

Ainda me assombra
a vida passada, ainda
bate à porta o homem
velho, porém não o
temo.

Visto que está sendo
despojado e à minha
vista tenho o homem
reconstruído, que aos
poucos é restaurado.

Se me assombra a velha
vida, ainda me falta vida
nova, mais entrega, esforço.

Se me assombra o homem
velho é porque ainda não
consegui entregar tudo,
ainda me dói o sacrifício.

Ainda preciso perder e
me desapegar das minhas
próprias paixões, ainda
preciso ser purificado,
sacrificar meus ídolos.

Sou homem velho aos
poucos sendo feito novo,
à espera e trabalhando para
que chegue o grande dia
no qual poderei  dizer:
sou homem novo e Cristo
é tudo em todos!

Sugestão de Leitura Bíblica: Cl 3, 1-11. 

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

A Alma (07.09.15)

A alma precisa que cessem
os gritos, os inúmeros barulhos,
recolher-se para que contrita ali
Deus possa falar.

A alma necessita ser cuidada,
expor as feridas para que delas
Deus possa cuidar.

A alma precisa respirar,
precisa encontrar-se com
a paz, romper com as
inquietudes.

A alma pode vagar,
perde-se e tornar-se
vazia, por isso precisa
ser habita.

A alma precisa de
Deus, de silêncio
para que Ele possa
falar, cuidar, trazer
a paz e ali habitar.