quinta-feira, 5 de abril de 2018

No mover das ondas

No mover das ondas que
são de frio e calor, que
possuem brilho e cor.
Intensas, fugazes, vivas,
que devoram e enchem de
paz o interior.
Sou o composto de tantos
dons e virtudes, limites,
fraquezas.
Sou intermédio, sou instrumento,
ora fogo, ora vento...
Ora chama, ora mar, silêncio,
misericórdia, esperança,
exortação...
Sou oração!
Mar, sopro do Espírito em meio
ao mover das ondas!
Ao mesmo tempo: fogo, mar,
silêncio, brisa, esperança,
ressurreição, vida nova, sou
restauração!